Quais são as diferenças entre Yoga e Pilates?

diferencas-entre-yoga-e-pilates

Quase 20,4 milhões de pessoas praticaram Yoga nos Estados Unidos em 2012, de acordo com o The Huffington Post, e esses números são provavelmente ainda maiores agora que o Yoga está mais popular do que nunca.

E o Pilates também está crescendo em popularidade. A boa notícia é que você não tem que escolher entre os dois. Muitas pessoas praticam yoga e Pilates para obter apenas o equilíbrio certo de benefícios.

Yoga vs. Pilates

Pilates: foco na força, tonificação muscular, controle do corpo e flexibilidade, e a ênfase principal é a força do core. Pilates é uma prática disciplinada que precisa ser praticada com uma certa frequência para fornecer benefícios. Se você gosta de um treino mais estruturado sem o componente de cardio, chanting, OMing, ou posturas complexas, este pode ser o treino ideal para você.

Yoga: Por outro lado, a ioga concentra-se na flexibilidade e nos grandes grupos musculares. Ela oferece equilíbrio, resistência, força, espiritualidade e um pouco de movimento físico. As aulas podem variar de suave até desafiadoras. Com toda a variedade, há sempre um tipo de aula e um estilo para cada um. Se você gosta de se mover e você é do tipo de pessoa que gosta de ir com o fluxo, a Yoga pode ser sua atividade ideal.

A combinação perfeita

A questão permanece – você deve praticar Yoga ou Pilates? Por que escolher uma prática quando você pode ter o benefício de ambas? Embora eu pratique Yoga quase todos os dias, eu também incorporo uma ou duas sessões de Pilates em meus exercícios cada semana. Eu aprecio a flexibilidade, a liberdade, e o desafio do yoga, assim como a atenção ao detalhe e ao trabalho abdominal (core) que Pilates fornece.

Considere suas prioridades de aptidão e nível, e construa a sua prática a partir daí. Se você está em grande forma e quer queimar calorias extras e trabalhar na resistência, uma Hatha, Vinyasa, ou Anusara Yoga seria ideal. Se você é um corredor e precisa afinar sua força do core, Pilates pode ser a melhor escolha. A principal coisa é que você deve escolher uma prática que você gosta e que você possa fazer com uma certa frequência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *